22 de abr de 2013

É preciso viver


Bom dia! O texto é precisarmos VIVER, está palavra nos tempos de hoje é cada vês mais raro de acontecer ou ser praticada, pois a maioria das pessoas só existe, devido a uma vida corrida atrás de sonhos e metas as vezes nos esquecemos de viver de olhar a nossa volta o belo, Claro que a filosofia de Albert Aisten nesta frase não pode ser ignorada, mas também não pode ser seguida tão ao pé da letra "se quer viver uma vida feliz, amarre-se a uma meta, não ás pessoas nem as coisas", estudiosos dizem que ele sustentava que as paixões destroem a liberdade do ser e o apego as coisas, desvirtualizão as pessoas do natural. Talvez sim ou não, nem todos somos iguais. Antes de concluir este texto digo que me fez escrever sobre assunto, neste final de semana revivi algo que a bom tempo não fazia curtir a natureza andei a cavalo, caminhei no mato, colhi laranja, brinquei com cachorros e tentei pescar só tentei nada consegui, mas paciência o importante é que desvirtuei um pouco do meu cotidiano, fiz algo que recomendo a todos sempre que puderem vivam, saiam de sua zona de conforto ou comodismo sorria descontraia do mundo chato que vivemos. 
 Sigo está filosofia de Aisten, mas não deixo de viver, claro que é difícil encontrar o equilíbrio saber se está no caminho certo, às vezes até eu me questiono se estou fazendo o certo ou o bom para mim, mas reflito, respiro ufa e vejo que enquanto estiver trabalhando para a meta, por mais que percalços bons e até ruins aconteçam nada pode mudar seus sonhos se acreditar pode sim retardá-los, mas nunca acabar é deles que vivemos também, mas lembre não abra mão nunca de viver para que no futuro não se arrependa do que não fez.

Escrito Por Cícero Ribas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário