11 de set de 2010

Cidadania e Etnia


 Cheguei a pouco do curso, onde houve uma palestra interessantíssima sobre cidadania, os direitos civis, políticos e sociais. O que mais me chamou atenção foi à aceitação das Etnias, fiquei entusiasmado com o assunto e foi procurar mais, descobri que esta palavra deriva do grego ethnos, cujo significado é povo. A etnia representa a consciência de um grupo ou população que se diferencia dos outros. Esta diferenciação ocorre em função de aspectos culturais, históricos, lingüísticos, raciais, artísticos e religiosos. 
  A etnia não é um conceito fixo, podendo mudar com o passar do tempo. O aumento populacional e o contato de um povo com outros (miscigenação cultural) pode provocar mudanças numa determinada etnia.
Geralmente usamos o termo etnia para nos referirmos a grupos indígenas ou de nativos. Porém, o termo etnia pode ser usado para designar diversos grupos étnicos existentes no mundo.A ciência que estuda as etnias é conhecida como etnologia. Cheguei à conclusão que ninguém pode dizer que raça você pertence, pois só você pode se alto declarar. Isso acontece nas petições de dupla nacionalidade em que devemos provar nossa escendência. Da mesma forma acontece para pessoas que desejam ingressar na faculdade pelas tão discutidas cotas em que o negro tem que se declarar afro descendente e índios também só que, com aprovação do chefe da tribo a que ele pertence ou se identifica.
 Moral deste texto é que não importa se somos pardos, negros, braços ou amarelos, pois somos todos brasileiros e devemos ter orgulho, mesmo com tantos fatos que nos decepcionam diariamente temos que exigir e cobrar nossos direitos, exercer nossos deveres, então olhos abertos antes de votar.

Escrito por Cícero Ribas  

Nenhum comentário:

Postar um comentário